Buscar
  • walter tierno

Chegamos lá e adiante

Então… já chegamos à marca oficial (fora a subnotificação) de mais de mil mortes POR DIA por covid-19.

Significa, que em pouco mais de três dias, meu caro Caio Copolla, morrerão mais pessoas no Brasil do que gente que se engasga com comida nos EUA, já que você gosta desse tipo de comparação absurda.

Significa, senhor Roberto Justus, que no mesmo período, devem morrer bem mais pessoas do que a quantidade de funcionários de suas empresas. Incluindo aí os participantes dos Aprendizes que você apresentou.

Significa, menino carequinha da Havan, que até o fim deste mês, só dessa “gripezinha” vão morrer bem mais brasileiros do que você ameaçou demitir.

Significa, senhores prefeitos e governadores, que só dessa doença, POR DIA, morrem mais pessoas do que qualquer tragédia que tenha comovido os brasileiros nos últimos anos.

Significa, senhor presidente, que sua inércia e preocupação apenas com seu cargo e seus privilégios, leva a esse número diário não só das mortes mas também do desemprego, da desesperança, da fome, da miséria.

Significa, amigos brasileiros, que estamos colhendo os frutos de más escolhas, do ódio acrítico, da tolerância com a violência, o preconceito e a ignorância. Que dar voz à imbecilidade, como se fosse um joguinho divertido, sem consequências.

E colhemos os frutos de más administrações anteriores, sim. Mas, agora, com um distanciamento que mistura todas elas num mingau histórico com o a qual se deveria aprender a evitar, não a cometer todos os mesmos erros de uma vez! Não tente negar a responsabilidade direta de quem está com o poder agora, com acusações a esse ou aquele passado. É outro tipo de negacionismo. Chega disso!

Lamento apenas que, como nação, ficou claro que o brasileiro precise sofrer extremos para entender o básico.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn