Buscar
  • walter tierno

Limite

Vou deixar uma coisa bem clara: Utilizo o Facebook como plataforma de divulgação e contato profissional. Claro que, ser-humano que sou, não raro, expresso opiniões pessoais. Procuro não entrar ou iniciar discussões político-partidárias, porque sempre tive a postura de só fazê-lo pessoalmente e, principalmente, quando tenho opinião minimamente apoiada em fatos e ideias bem estruturadas. Textos curtos de rede social, a meu ver, permitem lacunas e interpretações equivocadas e, principalmente, criação de rótulos. E, em bom português… não sou chegado a rótulos… Obviamente, tenho limites de tolerância política. Não tenho sangue de barata… Jair Bolsonaro é um limite. Não aceito alguém que o defenda em meu círculo de amizades. Não me importa se isso custar perder leitores. Se você admira ou defende esse senhor, considero-o uma pessoa de inteligência e moral absurdamente questionáveis e não tenho qualquer interesse em você. Não consuma meu trabalho. Ele não é para você. Colegas escritores que se incluam nessa categoria. Muito me admira… Espera-se mais de uma pessoa que pretende criar arte e transmitir ideias. E, por favor, não venham questionar essa minha posição no âmbito “direita vs. esquerda”. Não é nada disso. Quem começar qualquer tipo de argumentação desse tipo, simplesmente apagarei e bloquearei, porque demonstra idiotice. Bolsonaro, mesmo que se diga homem de direita, não é. Ele não se classifica em debates dessa natureza. É pura e simplesmente um fascista. Um mal da política. Um ímã de pessoas ignóbeis.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn