Buscar
  • walter tierno

Meu novo livro, na Verus

Em 2010, lancei meu primeiro livro, “Cira e o Velho”. Foi uma tiragem pequena, uns 300 exemplares, para entrar no mercado, fazer-me conhecido e conhecer pessoas. Esse foi ano de Bienal do Livro em SP. Fui poucos nos fins-de-semana. Autor verde de tudo, não sabia que, no começo, é interessante ficar o máximo possível na feira. Mesmo assim, tive a oportunidade de deixar um livro com as meninas do blog Psychobooks. Quem fez a resenha foi a Alba e ficamos amigos.

De lá para cá, muitas mudanças têm rolado em minha vida. Em 2011, desisti da carreira de publicitário, que exercia há quase vinte anos. No mesmo ano de lançamento de Cira, nasceu minha filha, Catarina. Por um tempo, participei de um podcast na Revista Fantástica, fui convidado para produzir uma coluna sobre quadrinhos no Psychobooks, já participei de algumas Bienais, da Primavera dos Livros, da Odisséia Fantástica do RS e, em 2013, lancei meu segundo livro.

Em 2014 ralei como editor na Giz Editorial, trabalhando nos livros de Roberta Spindler, Danilo Leonardi e Giulia Moon, escritores que admiro. Claro que nem tudo foram flores, mas vamos considerar as desavenças como adubo para crescimento e seguir em frente…

Lembram da Alba? Aquela moça que resenhou Cira para o Psychobooks e que virou minha amiga? Pois é… Ela, mais Mariana Dal Chico (também do Psychobooks), Livia Martins, Guta Bauer e Graziela Reis fundaram a agência literária Increasy.

Durante a Bienal de 2014, aqui de SP acertamos que elas representariam minhas próximas obras.

E não só isso. Alba, Mariana e Livia acompanharam todo o processo de criação de meu terceiro livro. Não é exagero meu dizer que, sem elas, o livro não existiria.

“Cira” é uma fantasia histórica. “Anardeus”, uma obra de realismo fantástico. “Tatuagem no pé”, meu novo livro, é um drama moderno sobre superação, redenção e amor. Um New Adult. E será publicado pela Verus, selo da Editora Record. Casa editorial de pesos pesados do mercado brasileiro, como Carina Rissi, Eduardo Sphor e outra autora da Increasy que está estourando com seu segundo livro: Bianca Briones.

Estou tão feliz quanto, confesso, amedrontado. Publicar numa editora desse tamanho é uma responsabilidade enorme e pode definir minha carreira.

Este é um daqueles momentos de transformação. Um pelo qual tenho lutado desde 2010, quando decidi seguir a carreira literária. O que o futuro reserva terei que descobrir chegando lá. Espero que vocês estejam comigo.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn