Buscar
  • walter tierno

Minha vida no teatro 3

As aventuras de Teodorico Raposo (quando eu tiver achado alguma foto, colocarei aqui e no Instagram) Para superar minha frustração com o fiasco que acabou sendo a montagem da peça de Plinio Marcos (leia o post anterior), resolvi retomar um projeto incompleto. Peguei uma adaptação que o amigo Marcelo Toledo fez de “A relíquia”, de Eça de Queiroz e reescrevi, transformando numa comédia absurdamente escrachada, bem ao estilo anos 80/90. Dei o nome de “As aventuras de Teodorico Raposo”. Montamos, eu e Manogon Manoel Gonçalves e levamos para um festival em Itaim Paulista. Foi uma ótima forma de encerrar minha curta carreira de ator amador. Apresentamos a peça, se não me falha a memória, em 4 lugares diferentes. No Itaim, recebemos elogios e algum reconhecimento do pessoal do festival. Não levamos nenhum prêmio, mas a galera curtiu. Voltamos ao teatro do Senai (lembra do post sobre Faroeste Caboclo?), onde usei a estratégia da puxadora de risada para ampliar o efeito. Fiz questão que a amiga Mônica Bortolossi estivesse presente para contaminar o público com sua risada. Também fizemos uma apresentação na casa de cultura Mazaroppi, que fica no Brás. Foi bem legal esse período. Ensaiamos a peça numa escola em Guaianazes, perto da casa do Manoel, durante as tardes de domingo. Ainda lembro com saudosismo das minhas viagens até lá. A peça, essa eu jamais remontaria. Estava cheia de piadas horríveis, estilo Zorra Total e Praça é nossa. Mas foi muito divertido. Era na concentração dessa peça que eu colocava Metallica pra pilhar a galera antes de entrar no palco. E dava certo! Pessoal entrava inspirado. Coincidiu o final da temporada com a morte do meu pai. Ele tinha curtido bastante a montagem. Minha mãe diz que ele se acabou de rir na primeira vez a que assistiu. Ele gostava de comédias. Então, pra mim, foi bastante marcante essa experiência. Eu tinha 22 anos. Só fui voltar a me envolver com teatro uns dois anos depois, se não me engano. Nunca mais como ator.

O elenco

O programa.

A cena final

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo