Buscar
  • walter tierno

Prioridades



Uma vez, trabalhei em uma agência cujo dono era um viciado em livros e filosofia de auto-ajuda. Tanto que não aguentei mais de 2 meses no lugar.


Foi numa virada de ano e a agência marcou um encontro num hotel. Imaginei que passaríamos o dia curtindo piscina, joguinho de bola, boa comida.


Errei.


Foi um dia de dinâmicas de grupo!


Para vocês terem uma ideia de como fiquei puto da vida, dois comprimidos de neosaldina não foram suficientes para tirar a minha dor de cabeça.


Enfim…


Numa dessas dinâmicas, o cara lá pediu para falarmos qual havia sido nossa grande conquista no ano. Naquele ano, a minha grande conquista tinha sido comprar um apartamento maior lá na Augusta por um preço bacana (estava todo fodido e reformamos ele inteiro, triplicando o valor).


A grande conquista que ele descreveu foi um carro lá que tinha teto solar, câmera, internet, falava e fritava ovo…


Eu olhei para a cara da esposa dele. Era sócia na agência. Ela tentou disfarçar a contrariedade. Acontece que, naquele ano, o primeiro filho do cara tinha nascido.


Entenderam?


No mesmo ano, ele comprou um carro cheio das traquinagens e tido o primeiro filho. E, para ele, o fato mais importante, a maior conquista tinha sido o carro!


.


Não sei se quero dizer alguma coisa com essa história. Ela é real. Fica aí para vocês pensarem.


Só quero dizer que, em 2010, lancei meu primeiro livro e a Catarina nasceu. Se eu tiver que escolher qual acontecimento foi mais importante e mudou minha vida, não tenham dúvida… A Cat vence de lavada.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn