Buscar
  • walter tierno

Revolta fácil e constante

Revolta, indignação, brados raivosos, expressão de opiniões contundentes, julgamentos e condenações. Tudo isso é catártico e o imediatismo das redes sociais e da internet em geral estão nos habituando a utilizar cotidianamente esse escape escorregadio que parece aliviar nossas frustrações. Mas só parece. Tenho percebido que resistir ao impulso primário de me revoltar, indignar, bradar raivosamente, expressar opiniões contundentes, julgamentos e condenações tem sido muito mais saudável. E não falo sobre uma suposta imagem virtual que possa vir a querer preservar. Não é nada disso. Falo, principalmente, de minha paz pessoal e a possibilidade que vejo surgir para aprender conceitos novos, para desconstruir ideias ultrapassadas e, mais importante, acalmar a frustração. Gostaria de propor isso a você. Quando vir uma notícia que te revolte. Um meme que te encha de indignação, quando sentir vontade de bradar raivosamente, expressar opiniões contundes, julgar e condenar: pare. Espere, reflita e, muitas vezes, pesquise. Não digo que você não deva fazer nada, que deva se calar. Apenas permita-se a oportunidade de entender suas motivações. De entender outros pontos de vista. De avaliar-se.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn