Buscar
  • walter tierno

Sobre preconceito

Passando pela entrada para o terminal de ônibus do Tatuapé, vi um morador ali da rua dando puxões numa caçamba para lixo reciclado. O que me pareceu: o cara teve um surto e estava tentando derrubar o troço. E conseguindo. Parei e bronqueei, porque se aquilo tudo caisse, atrapalharia muito a vida de quem passa por ali, além de ficar tudo muito perigoso para os ônibus. Ele parou e me respondeu: “tô arrumando.” E estava mesmo… Minha cara deve ter se transformado numa bunda tão grande que nem consegui pedir desculpas. Minha lição para hoje e que compartilho com vocês: Aquela hora que você pensa que está imune, todo pimpão e desconstruidão? É quando você age como um paunocu. Preconceito está enraizado na gente, como vício, não desaparece, só se pode controlar. E vigiar-se. Sempre.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn