Buscar
  • walter tierno

Um trecho de Anjo na gaiola

E meu novo livro está pronto. Só mais alguns detalhes legais e outras coisinhas. Será lançado agora, em 2020, espero, no primeiro semestre.

Capítulo 2

Menina, segunda-feira, 11 de abril

Passei o final de semana entrincheirada no quarto. Nenhuma novidade até aqui. Faço isso quase sempre. O anjo dormiu o tempo todo. Não era exagero quando disse que cair do céu dava sono. Acordava de vez em quando, soltava um suspiro musical, trocava de posição e já deitava de novo. Adiantei o trabalho de Geografia, fiz maratona de Sense 8 na Netflix e escrevi mais três capítulos da minha fanfic de Harry Potter. Estou escrevendo uma história em que ele vem para o Brasil, já velho, junto com o filho e o neto, para investigarem um saci cibernético. O neto se apaixona por uma bruxa brasileira adolescente de cabelos negros, encaracolados, e bochechas maiores e altura menor do que ela gostaria. Como eu. Publico num blog e tem bastante acesso. O pessoal comenta, dá sugestões de como seguir com a trama, elogiam e xingam. Ignoro tudo. Quem não gostar, que vá fazer sua própria fanfic. É o que digo para a Kátia e pro Lucas. Mas é mentira. Fico toda cheia com elogios e quero morrer com as críticas ruins. Sei que não passam de haters, mas machuca igual. Já teve quem dissesse que eu deveria publicar em livro. Respondo que não sei nem por onde começar. E pra quê? Emprestei a ideia de outra pessoa, por diversão. Não sei. Não parece justo. Quando tiver a minha própria ideia — se um dia tiver — talvez pense nisso. Talvez. Se. Tem mesmo muitos talvezes e muitos ses na minha vida. Uma vez até comentei isso no Twitter. Um carinha lá da escola respondeu que vida de adolescente é assim mesmo e que era para eu parar com mimimi. Concordei com a primeira parte e bloqueei ele por causa da segunda. Mimimi é o nariz dele.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Posições

Não é segredo minha opinião sobre Boslonaro e sua família. Nunca escondi meu desapontamento que vem desde que seu nome começou a crescer nas pesquisas eleitorais. E esse descontentamento não é com ele

Redes

Quem acompanha meus perfis nas redes sociais, em especial o Facebook, vai notar algo peculiar. Apaguei meus posts críticos, com exceção de cartuns e ilustrações, e tudo que publiquei antes de 2019. T

Ele mente as pessoas acreditam

Vou contar uma historinha pra vocês. Meu irmão estava em uma loja no centro de São Paulo, vendo armas de pressão. Dessas que atiram uma bolinha metálica. Na mesma loja, vendem armas de verdade. Enquan

  • facebook
  • insta
  • Branca Ícone LinkedIn